29.3 C
Caldas Novas
quinta-feira, 26 novembro, 2020

Paraíba atraí investidores que lançam resorts e parque temático

Com investimentos em torno de R$ 600 milhões, estado ganhará dois empreendimentos hoteleiros de alto padrão e um parque temático de Surf

Foram lançados na semana passada três grandes empreendimentos que irão mudar o turismo da Paraíba. O governador do estado João Azevêdo assinou na quinta-feira (15), no Centro de Convenções de João Pessoa, os contratos para construção de três empreendimentos no Polo Turístico Cabo Branco.

Serão instalados na capital paraibana o Ocean Palace Jampa Eco Beach Resort, o Amado Bio & Spa Hotel e o Surf World Park, que irão injetar cerca de R$ 600 milhões na economia do Estado em sua fase de construção e gerar inicialmente mais de 4.600 empregos diretos e indiretos. As obras serão iniciadas em até seis meses e deverão ser concluídas em dois anos. Os equipamentos irão assegurar um aumento de 12% no total de leitos e devem atrair 2,5 milhões de turistas por ano no Estado, o que irá representar uma movimentação financeira de R$ 2 bilhões e gerar mais de 4.680 empregos diretos e indiretos na fase operacional.

O Ocean Palace Jampa Eco Beach Resort terá uma área de construção de 43,8 mil m², onde serão instalados 405 apartamentos, complexo de piscinas, quadras esportivas, quiosques, toboágua, restaurante regional, restaurante francês com bar, pizzaria, steak grill, sushi bar, wine bar e área de buffet, sala de yoga, sala de pilates, academia (musculação e aeróbica), local para eventos, cinema, lobby, bares, lounges, cyber café, salão de beleza, lojas, SPA, Centro de Convenções, jardim central e pavimento kids com berçário e jogos. A concepção do projeto prevê um empreendimento autossuficiente energeticamente, com a utilização de energia fotovoltaica.

O Amado Bio & Spa Hotel terá uma capacidade de 240 unidades e tem sua concepção baseada na sustentabilidade e adaptabilidade à natureza. De acordo com o arquiteto Augusto Magno, o projeto prevê diversas variações possíveis de composição, adequando a arquitetura à natureza existente no local.

Já o Surf World Park, desenvolvido pela empresa espanhola Ingeparks, disponibilizará em sua estrutura piscina de surf, escola de surf, piscina de onda, praia de areia, área gastronômica e bares, praça comercial, jardim de infância, centro de idosos, discoteca ao ar livre, academia, pista de skate, estacionamento, posto médico, anfiteatro e resort. “O parque aquático conta com muita tecnologia, criando um ambiente seguro para os clientes, sendo concebido para atender desde crianças a idosos e tenho certeza de que ele será um verdadeiro sucesso”, afirmou Alejandro Capilla, um dos responsáveis pelo empreendimento.

Curtiu? Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Nova low cost brasileira deve operar voos regionais no país

Nella Linhas Aéreas pretende atuar em regiões não alcançadas pela malha tradicional e deve começar a voar no primeiro semestre de 2021Mais uma empresa...

Em meio à crise do coronavírus, empresário investe R$ 500 milhões em complexo turístico

Desenvolvedor do Acqualinda detalha projeto turístico Com parque aquático, resort hoteleiro e multipropriedade, Andradina no interior do estado de São Paulo, terá um grande complexo...

O desafio do funding para multipropriedade no pós-covid-19

Gerar confiança e interesse para investidores, no mercado financeiro nacional e internacional, sempre foi um dos objetivos da multipropriedade. Agora com a crise gerada...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

×