29.5 C
Caldas Novas
quarta-feira, 25 novembro, 2020

Qual a importância do Marketing Digital para o Turismo

  • Artigo de Vinícius Bravo, da Criativa Digital

Para iniciarmos com este tema inovador e de extrema importância no mercado atual, se faz necessário entendermos um pouco mais, sobre os conceitos básicos do marketing digital, seu contexto histórico, como e quando surgiu, e qual o seu verdadeiro “range” (alcance) dentro do universo digital. Com toda essa base inicial de conceitos, vamos pontuar claramente a real importância do marketing digital para o mercado de turismo.

Vejamos inicialmente que o marketing digital, a grosso modo, tem como objetivo principal, criar estratégias para alavancar as visualizações de sites e campanhas comerciais, usando como principal ferramenta a aplicação de “Keywords” (palavras-chave) para indexar materiais publicados. Isso é feito com o intuito de ser encontrado em ferramentas de pesquisa populares (como o Google Trends), com o objetivo de impulsionar a demanda sobre os serviços prestados, angariar novos clientes e, consequentemente, gerar mais lucro à empresa, levando em conta que atualmente a internet é a principal ferramenta utilizada quando se pretende procurar não só informações, mas também prestações de serviços. Partindo desse princípio, a concorrência na internet é muito maior, logo o conteúdo deve ser técnico, mas também atrativo e de fácil acesso. Com isso, vamos apresentar alguns conceitos e preceitos históricos do Marketing Digital e sua tendência de crescimento no mercado de turismo.

A história do marketing digital é um longo caminho percorrido que consiste na utilização de meios eletrônicos, como blogs, redes sociais, sites de empresas, e-mail marketing, entre outras fontes, para lançar campanhas de produtos e serviços oferecidos, divulgar estabelecimentos, ofertas de serviços e tudo mais que possa interessar ao público-alvo referido em determinada situação, utilizando também algumas estratégias de impulsionar, como uma descrição clara e definida daquilo que a empresa oferta à sua clientela, aplicando técnicas de SEO, investindo em links patrocinados por meio do Google Ads, focando nas mídias sociais para atingir um público maior, entre outras táticas.

Antes do avanço tecnológico e do aprimoramento do marketing digital, a divulgação de empresas, serviços e produtos era restrita ao famoso boca a boca e aos veículos de comunicação da época, que consistiam em jornais, revistas, rádio, televisão e em alguns casos o telemarketing.

O uso da estratégia digital para alavancar e otimizar um negócio surgiu juntamente com o aprimoramento das pesquisas iniciadas no começo da era da informação, ou seja, o marketing digital nasceu no mesmo momento em que a internet foi criada, na década de 60, tornando-se popular por volta das décadas de 80 / 90, quando a população em geral passou a ter mais acesso aos computadores.

Agora que conhecemos um pouco da história do Marketing Digital, vamos ver qual será o seu futuro dentro do mercado de turismo, e se a utilização dessa ferramenta traz realmente resultados concretos para o crescimento desse seguimento tão importante na economia mundial.

A grande tendência de mercado hoje em dia, é o exponencial crescimento das ferramentas de marketing digital, visto que elas se tornaram grandes aliadas de todos os segmentos do universo de prestação de serviços, sejam eles quais forem, principalmente dentro do universo do turismo. A principal sacada de especialistas é focar não apenas em campanhas da internet em si, mas também em aplicativos, visto que os celulares são os principais companheiros do homem moderno.

Investir no marketing digital atualmente tem sido quase uma obrigação para todas as empresas prestadoras de serviços hoteleiros e de todo o seguimento do turismo em geral, afinal de contas, todos nós fazemos tudo pela internet. Buscamos opiniões, comparamos os mais diversos artigos, pagamos conta, enfim, vivemos boa parte de nosso dia nesse banco de dados gigantesco, sendo então o marketing digital a melhor forma de atingir todos os tipos de públicos.

Com esse grande crescimento, o marketing digital transformou-se num recurso essencial para a divulgação das marcas. Além de ser uma solução mais barata, possibilita que, com a estratégia adequada, a empresa fique cada vez mais competitiva perante a concorrência. Assim, pode-se dizer que o marketing digital é um aliado das empresas hoteleiras, permitindo potencializar os ganhos mediante o aumento de clientes e reservas diretas para o hotel, minimizando o impacto que os operadores turísticos têm neste negócio.

A relação entre o turismo e o marketing digital está se tornando cada dia mais estreita e promissora, principalmente se observarmos que o setor está cada vez mais competitivo. Os negócios de turismo precisam de ganhar visibilidade e de marcar uma diferença junto do potencial cliente, logo investir em ações digitais de marketing deixou de ser uma opção secundária e transformou-se numa prioridade. Embora os profissionais de marketing digital conheçam os benefícios e importância de se desenvolver uma estratégia integrada de marketing digital nos hotéis, muitos gestores ficam com algumas reservas nesse investimento, especialmente por desconhecimento e pelo conforto das vendas dos parceiros comerciais.

Com tudo isso exposto e concretizada as ideias iniciais, vimos que o marketing digital se faz de suma importância para o turismo como um todo, alavancando desde o crescimento do público consumidor (cliente final) até a consagração da marca comercial perante seus clientes. Então, passamos a elencar alguns dos benefícios dessa ferramenta, que de coadjuvante, tornou-se protagonista dentro do mercado de turismo.

Uma das formas mais eficientes para levar o seu negócio ao seu público-alvo e conseguir mais clientes diretos, é trabalhar a comunicação online, aumentando a visibilidade e posicionamento do seu hotel, pousada, parque de diversões (seja aquáticos ou entretenimento variado), bares, restaurantes, enfim, todo conglomerado comercial envolvido no seguimento do turismo, a estratégia adequada, ajudará a reforçar a sua marca e posicioná-la como uma referência no mercado. Essa estratégia deve focar os diversos canais para chegar ao seu público: redes sociais, website ou blog (através dos motores de busca), campanhas pagas (Google Ads, Facebook Ads, etc), afiliados, inbound marketing e e-mail marketing. Por isso, ter à sua disposição diversos canais de divulgação para os diversos tipos de cliente, se faz extremamente importante para o crescimento do seu negócio turístico.

Outro aspecto positivo do marketing digital no turismo, é o fato dos resultados das suas ações poderem ser medidos de forma precisa, mediante o uso de ferramentas analíticas. Por exemplo, é possível saber o número de visitantes, país de origem, tipos de aparelhos eletrônicos utilizados, quanto tempo despendem no seu website, quais as páginas que mais visitam, média de idades, número de pessoas alcançadas numa campanha, entre muitas outras métricas.

Seja pelo envolvimento criado nas redes sociais, ou pelas técnicas de angariação de “leads” para contato direto com seus clientes no meio digital, o marketing digital, consegue trabalhar a sua audiência/público-alvo de uma forma consideravelmente mais barata e eficaz, pois com a estratégia adequada, consegue conhecer e reter o seu cliente, otimizando também a sua comunicação de forma segmentada e assertiva. Com o cliente fidelizado, se tem grande probabilidade desse voltar ao seu hotel.

No mercado turístico, aumentar as vendas é o principal objetivo de qualquer hoteleiro ou grupo de hotéis e parques, através do aumento de visibilidade do seu hotel, de uma comunicação orientada e devidamente segmentada, é possível gerar mais confiança e como consequência, mais vendas diretas.

Existem muitas outras vantagens em implementar a sua própria estratégia de marketing digital, mas os pontos aqui apresentados, refletem bem o potencial escondido nos canais digitais, que podem fazer “A” diferença no seu negócio. Óbvio que nenhuma estratégia deve ser implementada sem uma correta análise do seu negócio (por isso se chama “estratégia”), mas na maioria dos casos, o “reforço digital” é só mesmo questão de tempo, por isso, quanto mais cedo, melhor.

  • Vinícius Bravo é advogado e redator na empresa Criativa Digital

Curtiu? Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Setores de Turismo e Hotelaria são alvos de ciberataques, de acordo com pesquisa

Estudo revela que indústrias de varejo, hotelaria e turismo foram atingidos por quase R$ 70 bilhões de ataques nos últimos dois anos Publicado recentemente, o...

Principais erros cometidos nas mídias sociais pelas empresas

Estratégias de marketing digital são fundamentais para qualquer companhia, mas poucas possuem de fato um planejamento e metas para as redes sociais Não restam dúvidas...

WAM lança empresa de vendas digitais de multipropriedades

Meta da Segunda Casa é chegar a 20 mil cotas comercializadas até 2022 Em um momento como o atual, todo o mercado está empenhado na...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

×