30.7 C
Caldas Novas
sexta-feira, 27 novembro, 2020

Gramado Parks apresenta novo modelo de negócios

Holding passou por reestruturação estratégica, definiu um novo branding e anunciou projetos de expansão

A Gramado Parks passou recentemente por uma reestruturação e apresentou várias novidades em sua primeira convenção como holding, que aconteceu em 23/09 no formato on-line, e foi conduzida pelos seus principais executivos. Entre eles, o presidente, Anderson Caliari; os vice-presidentes das suas duas divisões de negócio, Ronaldo Fagundes que está à frente de Hospitalidade; Paulo Mentone e Fábio Bordin que ficam com Entretenimento, responsáveis respectivamente por parques e rodas-gigantes; novo CFO, Pedro Aparício, e a diretora de Gente e Gestão, Jordana Bassani.

Com o crescimento constante e a necessidade de um novo branding, nasceu a marca mãe Gramado Parks – Hospitalidade e Entretenimento, contando com vários negócios: incorporação imobiliária, multipropriedade, operação hoteleira, parques temáticos e rodas-gigantes.

‘’É espetacular que criamos uma família tão grande. Nossa história foi permeada de muito pioneirismo, que é a base para nossa evolução, disse Anderson Caliari, ao comentar sobre o crescimento da Gramado Parks, desde a fundação do Café Colonial Bela Vista, na década de 1970, até a fase atual de expansão e novos negócios.

Unificação de marcas e sinergia entre as divisões de negócio

Com o objetivo de otimizar os esforços em visibilidade de marca e processos, a primeira grande mudança, resultado da organização de marcas da holding, foi a adoção de pontos positivos existentes na cultura da antiga Prime Vacation, como jovialidade, inovação e dinamismo. A marca, que até então fazia o papel de comercializadora da multipropriedade, foi descontinuada e agora se tornou uma frente de negócio da divisão de Hospitalidade da Gramado Parks, que também contará com operação hoteleira própria.

Já a divisão de Entretenimento apresenta, além dos parques, atrações de rodas-gigantes, com destaque para a Rio Star, que foi inaugurada no fim de 2019 no Rio de Janeiro, dando início ao pipeline de projetos nesse sentido.

Essa nova estrutura visa ganhar sinergia entre as duas divisões de negócio, além de evoluir em uma visão única do cliente, apresentando a empresa como solução completa de lazer.

Oportunidades na pandemia

Anderson Caliari, presidente da Gramado Parks

Apesar da formatação deste novo modelo de negócio ter se dado no primeiro semestre desse ano, no meio da pandemia, não desencorajou os executivos da Gramados Parks a buscarem essas inovações estratégicas.

Ronaldo Fagundes explicou que a Gramado Parks, diferentemente das outras empresas do segmento de turismo, enxergou a pandemia como uma oportunidade de expandir os negócios.

‘’A gente fez uma leitura estratégica do mercado e cenário e fomos no caminho oposto. Buscamos recursos financeiros para passarmos por esse momento, o que nos propiciou ampliar os nossos planos’’, salientou o vice-presidente da divisão de Hospitalidade. ‘’Aproveitamos esse período para trazermos novos talentos, para fechar bons negócios, adquirir novos terrenos, desenvolver bons novos projetos. Também fizemos cortes, mas ganhamos mais eficiência, sempre olhando forte para o futuro’’.

Estruturação corporativa e universidade

Para modelar e gerir tantos novos projetos a Gramado Parks passou por uma reestruturação estratégica e corporativa. A diretora de Gente e Gestão, Jordana Bassani, esclareceu que essa estruturação deve ser flexível para alterar algo quando for necessário, visando sempre atingir as estratégias.

‘’Criamos uma área corporativa justamente para que tire das áreas de negócios aquilo que é atividade meio ou atividade de suporte’’, esclareceu a executiva da Gramado Parks. ‘’Uma área corporativa que pudesse olhar estratégias e pontos de sinergia entre as áreas de negócios e isso será muito desafiador pela quantidade de projetos que temos’’.

O desenvolvimento dos talentos também faz parte dos projetos da Gramado Parks, com a criação da Universidade Corporativa, que terá quatro pilares de aprendizado: negócios, cultura da empresa, encantar clientes e liderança.

­Nova marca e propósito

Colaboradores da Gramado Parks assistiram ao evento on-line da empresa

Tantas novidades corporativas e estruturais também precisavam de uma nova cara, um novo branding e a definição de um novo propósito. Durante a convenção foi apresentada o novo nome da holding, Gramado Parks – Hospitalidade e Entretenimento, a nova logomarca e o propósito da empresa: ‘’Criar experiências turísticas que realizem sonhos, aproximem famílias e gerem memórias encantadoras’’.

‘’Nosso propósito precisa ser o que faz nossos olhos brilharem, e a razão da empresa existir. Temos que lembrar sempre que tudo que fizermos vai resultar na realização de sonhos, na aproximação de famílias e concretização de memórias encantadoras’’, afirmou Anderson Caliari.

Cultura organizacional

Outra definição da Gramado Parks foi a cultura da empresa. A diretora de Gente e Gestão, Jordana Bassani, contou que os executivos buscavam uma cultura única para a Gramado Parks, que fosse a identidade da empresa, com a união de vários negócios diferentes e tendo o cliente no centro.

‘’Criar uma nova cultura não é um exercício fácil, é um processo longo e extenso que exige grande disciplina. Não adianta ter uma estratégia, plano de negócio bem estruturado se não temos um padrão’’, afirmou Jordana.

A Gramado Parks definiu sete atributos de cultura da empresa, sendo eles: segurança, postura de aprendiz, meritocracia, colaboração, espírito de dono, longevidade e clientes. ‘’Esses são os padrões e comportamentos que queremos ver em todos os lugares. Além dos significados, há o desafio de levar esses atributos para o dia a dia da empresa’’, disse a diretora da Gramado Parks. ‘’Cultura precisa de coerência para aquilo que a gente fala e faz’’.

Projetos de Expansão

Os executivos da Gramado Parks apresentaram os projetos de expansão da empresa para os próximos anos. Ainda em 2020, haverá o lançamento de um ousado empreendimento na Praia de Carneiros, em Tamandaré/PE, contemplando um resort de mais de 800 apartamentos, junto a um parque aquático, o Acquaventura.

A partir de outubro deste ano, a Gramado Parks inicia a operação hoteleira de dois de seus resorts, inaugurando o braço de negócios de Operadora Hoteleira. ‘’Estamos iniciando nossa atividade de operadora hoteleira, um desafio gigantesco. Se olharmos para o nosso pipeline, teremos quase 9.000 quartos para operarmos nos próximos anos. Seremos uma das principais operadoras do país’’, projetou Ronaldo Fagundes.

Em Porto Alegre, a Gramado Parks iniciou um novo canal de vendas, que visa disseminar e comercializar o conceito da multipropriedade, com atendimento personalizado na casa dos clientes ou no lugar que for mais conveniente. Este projeto será expandido para outras 10 grandes cidades brasileiras. O canal digital de vendas da empresa também está recebendo mais investimentos e ampliações.

Para o próximo ano, no primeiro trimestre, a Gramado Parks planeja lançar mais um novo resort em Gramado. ‘’Será o maior resort da região sul’’, disse Ronaldo Fagundes. O vice-presidente de Hospitalidade ainda revelou que há muitos outros destinos que estão sendo estudados pela empresa para futuros lançamentos.

A Gramado Parks ganhará novas salas de vendas e as atuais receberão investimento para deixá-las mais encantadoras para os clientes, assumindo uma jornada de experiência e entretenimento no processo.

O Snowland irá passar por uma ampliação, em que dobrará a capacidade de visitantes, com previsão de inaugurar em novembro de 2021. O parque aquático, que funcionará nas quatro estações do ano em Gramado, será inaugurado no início de 2021.

O setor de Rodas-Gigantes também conta com planejamento de expansão, tendo o projeto de desenvolver cinco novas atrações em diferentes destinos até o final de 2023. A próxima a ser construída será em Foz do Iguaçu, junto ao Marco das Três Fronteiras. ‘’Os outros destinos estão em análise’’, disse o vice-presidente responsável por esta frente de negócio, Fábio Bordin, que explicou que o Entretenimento está trabalhando com a Hospitalidade para definir os destinos para empreender.

Executivos debatem nova marca e projetos da Gramado Parks

Curtiu? Compartilhe!

Notícias Relacionadas

WAM Group anuncia novidades em seu quadro de CFO

Recém-contratado, Charles Kriunas assume o time de finanças. Já Edmar Domingues assina a diretoria de relações com investidores, em São Paulo, após três anos de atuação...

GJP Hotels & Resorts apresenta modelo de parceria para multipropriedade e timeshare durante ADIT Share 2020

Oportunidade está volta para players que desejam iniciar no segmento e para aqueles que buscam ampliar número de inventários Francyelle Nunes Apresentado pelo diretor de...

Compartilha Club apresenta papel da intercambiadora na venda fracionada no ADIT Share 2020

Segundo sócio da empresa, a intercambiadora pode alavancar o VGV do projeto  * Fábio Mendonça O CEO da Compartilha Club, Reginaldo Reis, apresentou a palestra ‘’...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

×