30.7 C
Caldas Novas
sexta-feira, 27 novembro, 2020

Estudo revela as prioridades de investimento em tecnologia para hotéis

As redes hoteleiras têm uma probabilidade 77% maior de aumentar o investimento em tecnologia, enquanto os estabelecimentos independentes priorizam a reforma dos quartos

De acordo com uma pesquisa realizada com mais de 1.200 hoteleiros pelo Expedia Group, uma plataforma de viagens global, as redes hoteleiras têm quase duas vezes mais probabilidade de priorizar investimentos em tecnologia do que pequenos estabelecimentos independentes. Por outro lado, pequenos estabelecimentos independentes têm uma tendência 1,5 maior de se dedicar a reformas dos quartos do que as redes hoteleiras. Isso indica uma diferença nas estratégias de investimento em tecnologia entre os segmentos do setor.

O uso de tecnologias está se tornando cada vez mais importante no setor de hospedagem conforme os hotéis começam a perceber como podem ganhar uma vantagem competitiva com investimentos estratégicos nessa área. Segundo o relatório mais recente do site Hospitality Technology, 54% dos hotéis planejam aumentar o orçamento de tecnologia para 2019, enquanto apenas 8% planejam diminui-lo.

No entanto, os custos continuam sendo a principal barreira dos hoteleiros para a adoção de tecnologias. Quase metade dos pequenos hotéis independentes que participaram da pesquisa indicaram que as decisões sobre investimento em tecnologia são tomadas com base na rentabilidade e no valor agregado. Por outro lado, mais de metade das redes hoteleiras prioriza tecnologias que se integram perfeitamente aos sistemas existentes.

“Estamos vendo as redes hoteleiras fazerem investimentos significativos em tecnologia, o que pode aumentar a diferença entre estabelecimentos que não podem fazer esses investimentos”, afirma Marcos Swarowsky, Diretor Sênior de Gestão de Mercado do Expedia Group para a América do Sul.

Entre os pequenos hotéis independentes que participaram da pesquisa, 25% citaram a complexidade como sendo o maior desafio para adotar tecnologias, enquanto 20% afirmaram que a facilidade de uso é uma prioridade na escolha de soluções. Para remover essas barreiras, o Expedia Group está aprimorando a sua plataforma para que os parceiros tenham os recursos certos sempre à disposição e para que as ferramentas sejam intuitivas e fáceis de usar.

Metodologia

Para a realização do estudo com diferentes opções, 1.215 hoteleiros de todas as partes do mundo foram entrevistados em julho de 2019 para determinar como os estabelecimentos estão priorizando o investimento em tecnologias. O estudo utilizou o painel global de hoteleiros do Expedia Group para comparar o investimento em tecnologia entre redes hoteleiras e pequenos estabelecimentos independentes. As redes hoteleiras foram classificadas como estabelecimentos que fazem parte de uma afiliação ou grupo de estabelecimentos com mais de 100 quartos. Já os pequenos estabelecimentos independentes foram classificados como estabelecimentos sem afiliação a uma rede e com, no máximo, 100 quartos. Para mais informações sobre a metodologia de pesquisa, acesse nosso blog: discover.expediapartnercentral.com/power-of-tech.

Fonte: B4Tcomm

Curtiu? Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Setores de Turismo e Hotelaria são alvos de ciberataques, de acordo com pesquisa

Estudo revela que indústrias de varejo, hotelaria e turismo foram atingidos por quase R$ 70 bilhões de ataques nos últimos dois anos Publicado recentemente, o...

Principais erros cometidos nas mídias sociais pelas empresas

Estratégias de marketing digital são fundamentais para qualquer companhia, mas poucas possuem de fato um planejamento e metas para as redes sociais Não restam dúvidas...

WAM lança empresa de vendas digitais de multipropriedades

Meta da Segunda Casa é chegar a 20 mil cotas comercializadas até 2022 Em um momento como o atual, todo o mercado está empenhado na...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

×