18.1 C
Caldas Novas
quinta-feira, 26 novembro, 2020

ADIT Invest 2019: Executivo defende o controle de carteira de recebíveis imobiliários


De acordo com o diretor de operações da Conveste, Rubens Costa, esse tipo de ação beneficia todos os envolvidos no ciclo do negócio


A carteira de recebíveis é uma importante parte do ciclo de negócio imobiliário e multipropriedade. O cuidado com essa parte é essencial para o sucesso do negócio. Com a palestra ‘’Controle de Carteira de recebíveis imobiliários’’,  durante o ADIT Invest 2019, que aconteceu em 06/08, em São Paulo/SP, o diretor de operações da Conveste, Rubens Costa, comentou sobre esse importante tema.
Organizado pela ADIT Brasil, o ADIT Invest é um seminário sobre Investimentos Imobiliários e Turísticos direcionado aos executivos de construtoras, incorporadoras, loteadoras, fundos de investimentos e private equity, instituições financeiras, redes hoteleiras, proprietários de terrenos, consultorias, escritórios de arquitetura, buscando geração de negócios, networking e troca de conhecimento entre esses players.
De acordo com Rubens Costa, o controle de carteira de recebíveis é importante para o todas as pontas do ciclo do negócio imobiliário: o empreendedor, a securitizadora e o mercado, gerando transparência na operação.
‘’A gente garante para a securitizadora as informações corretas, para que as entregue aos investidores. Temos um trabalho de reeducação do mercado. Prestamos serviços para que todos tenham a qualquer momento informações reais e corretas’’, afirmou o diretor da Conveste.
A Conveste formatou uma plataforma para a securitização que ajuda o empreendedor a se organizar para padronizar os documentos, metodologias e sistemas; evitar prejuízos e passivos jurídicos por falhas na gestão; entre outras vantagens.
Rubens Costa também explicou a necessidade para securitizadores de terem o controle das carteiras de seus clientes: desenvolvimento de estruturação e gestão de operações, através de relatório de auditoria e implantação.
Já para o mercado, esse controle de carteiras também traz benefícios: aumento de empresas e carteiras performadas para acesso ao crédito; segurança nas informações aumenta a confiança em expandir operações; aumento médio de 40% ´por ano no volume de operações de CRI’s no país; gestoras e securitizadoras exigem controles e garantias mais detalhadas; monitoramento constante para mitigação de riscos de default nas operações.

  • A Revista Turismo Compartilhado cobriu o ADIT Invest 2019 a convite da ADIT Brasil.

Curtiu? Compartilhe!

Notícias Relacionadas

Não existe crise para a multipropriedade e timeshare

Indústria de turismo compartilhado segue aquecida e em expansão mesmo após ter parte de suas atividades suspensas por conta da pandemia Fábio Mendonça Logo em...

ADIT Share define programação e painelistas

Seminário para debater os modelos de multipropriedade e timeshare acontece em Gramado, nos dias 26, 27 e 28 de novembro A 8ª edição do ADIT...

Desemprego no Brasil??? Falta mão de obra para segmento de propriedade compartilhada

Empresas deste mercado continuam gerando empregos mesmo durante crise da pandemia Fábio Mendonça Na contramão da economia do país, a propriedade compartilhada, segmento do turismo...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

×