30.7 C
Caldas Novas
sexta-feira, 27 novembro, 2020

ADIT Invest 2019 debate boas práticas para multipropriedade


Executivos pontuaram meios de gerir com excelência empreendimentos nessa modalidade de negócio


Com um VGV (Valor Geral de Vendas) de R$ 22,3 bilhões atingidos em 2019 e 92 empreendimentos já lançados ou em operação, segundo estudo da Caio Calfat o segmento de multipropriedade desperta interesse e curiosidade de empreendedores, investidores e consumidores. Mas, por ainda ser um mercado novo, ainda há muito o que evoluir. Para debater sobre ética e gestão eficiente para este setor, a ADIT Brasil organizou, durante o ADIT Invest, que acontece em 06/08, em São Paulo, o painel ‘’Boas práticas para a multipropriedade: índices e indícios de uma boa administração hoteleira’’, com participação do diretor de desenvolvimento de negócio para América do Sul da Wyndham Hotel & Resorts, Armando Ramirez, o CEO da Aviva, Francisco Costa Neto, o diretor executivo do GR Group, Gustavo Rezende, o sócio-diretor da Hotel Invest, Diogo Canteras, como moderador.
O ADIT Invest é um seminário sobre Investimentos Imobiliários e Turísticos direcionado aos executivos de construtoras, incorporadoras, loteadoras, fundos de investimentos e private equity, instituições financeiras, redes hoteleiras, proprietários de terrenos, consultorias, escritórios de arquitetura, buscando geração de negócios, networking e troca de conhecimento entre esses players.
Diego Canteras disse que o objetivo do painel é para ser um ‘’aperitivo’’ do que terá no Manual de Boas Práticas de Multipropriedade, em 27/08, no Secovi/SP, em São Paulo.
De acordo com o diretor executivo do GR Group, Gustavo Rezende, que possui empreendimentos em Olímpia, Barretos, Gramado e Rio Quente, o modelo de vendas que era praticado antigamente, em que se prometia rentabilidade, atrapalha a gestão dos empreendimentos. ‘’A grande parte dos empreendimentos de multipropriedade foram vendidas erradamente como rentabilidade. Nós também fizemos isso. Mas corrigimos. Isso é algo que todos devem estar monitorando para vender lazer e férias. Depois tem um impacto muito negativo na operação’’.
A Aviva se prepara para iniciar em breve a gestão de seu primeiro empreendimento de fractional, o InCasa Residence Club. Francisco Neto comentou como deve ser a gestão do complexo mixed use, com resort, parque aquático e fractional. ‘’Temos que aumentar o índice de satisfação dos clientes e a tecnologia. Todos clientes do modelo mixed use podem conviver bem’’.

Armando Ramirez

Armando Ramizez, da Wyndham Hotels & Resorts, empresa norte-americana com mais de nove mil empreendimentos hoteleiros no mundo, maior franqueadora de hotéis no mundo, explicou o motivo da Wyndham iniciar a sua expansão no Brasil em um projeto de multipropriedade. De acordo com ele, era inevitável a empresa fazer isso pela experiência de seus principais diretores no mercado de propriedade compartilhada, além de encontrar os melhores parceiros. ‘’Tivemos os parceiros certos, o GR Group e a Gramado Parks’’.
De acordo com o diretor da Wyndham, a administradora hoteleira pode ajudar inclusive no desenvolvimento do produto, pois tem uma visão mais hoteleira do negócio, conhecendo sobre o que a hotelaria precisa e os desejos dos clientes ao se hospedarem no empreendimento. ‘’A multipropriedade é um produto em evolução. A tendência é melhorar’’.
Gustavo Rezende disse que há cinco anos nenhuma empresa internacional olhava para a multipropriedade. ‘’Tivemos que montar nossa própria operadora hoteleira’’. O diretor do GR Group falou sobre a importância da parceria com a Wyndham, a partir da entrega do empreendimento Gramado Termas Resort. ‘’Tirou de nós um aspecto que não era nossa expertise. Hoje podemos focar mais em partes estratégicas’’.
Multipropriedade e entretenimento
Francisco Neto

O CEO da Aviva, empresa de hotelaria e entretenimento detentora do Rio Quente e Costa do Sauípe, explicou que a proposta de entretenimento total da Aviva é independente do ‘’hardware’’ (estrutura física da empresa), sendo um investimento em software (os serviços e diversão). ‘’Ficar discutindo o tamanho do parque e apartamento não interessa. Ninguém vai voltar ao seu resort por causa que o serviço é excelente nem se o parque é ótimo, mas pelo entretenimento’’
Neto contou que nas reuniões com acionistas da Aviva a discussão mais importante é o investimento em entretenimento, não em estrutura física nem no operacional. ‘’Por que nós estamos aqui? Para fazermos famílias felizes’’.
Para o CEO da Aviva, o investimento em entretenimento nunca acaba. Ele revelou que a Aviva estuda criar KPI’s para medir o retorno com esses investimentos. ‘’Isso pode dar um norte. Temos que ter outros KPI’s para as experiências dos clientes, de quanto estamos entregando desse intangível’’.
O GR Group também possui um posicionamento de entretenimento muito forte, atuando com resorts e parque aquático. Gustavo Rezende disse que os grupos hoteleiros devem buscar diferenciais para fidelizar os clientes. ‘’Os parques, uns mais e outros menos, têm os mesmos brinquedos e atrações, o diferencial pode ser o entretenimento. Por que o cliente irá voltar? Nós investimos em nosso parque em Barretos na tematização country e em um Ice Bar. É um trabalho árduo, intelectual e de feeling’’, falou.
Gustavo Rezende

  • A Revista Turismo Compartilhado cobre o ADIT Invest 2019 a convite da ADIT Brasil.

Curtiu? Compartilhe!

Notícias Relacionadas

WAM Group anuncia novidades em seu quadro de CFO

Recém-contratado, Charles Kriunas assume o time de finanças. Já Edmar Domingues assina a diretoria de relações com investidores, em São Paulo, após três anos de atuação...

GJP Hotels & Resorts apresenta modelo de parceria para multipropriedade e timeshare durante ADIT Share 2020

Oportunidade está volta para players que desejam iniciar no segmento e para aqueles que buscam ampliar número de inventários Fábio Mendonça Apresentado pelo diretor de...

Compartilha Club apresenta papel da intercambiadora na venda fracionada no ADIT Share 2020

Segundo sócio da empresa, a intercambiadora pode alavancar o VGV do projeto  * Fábio Mendonça O CEO da Compartilha Club, Reginaldo Reis, apresentou a palestra ‘’...

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

×