Resort no sistema de multipropriedade em Caldas Novas/GO conquista clientes no Brasil e no exterior em canais virtuais. Estratégia implantada é solução para vencer desafios em tempos de pandemia

O comércio online já é uma tendência de consumo há alguns anos, mas no mercado turístico imobiliário, principalmente de multipropriedade, estava ‘’engatinhando’’ até chegar a pandemia do novo coronavírus e o isolamento social, obrigando as empresas a acelerarem esse processo de vendas. O resort Lagoa Eco Towers, em Caldas Novas, estruturou rapidamente seu departamento comercial para utilizar as ferramentas digitais, desenvolveu uma mudança comportamental de seus profissionais e iniciou a comercialização das frações na internet, já colhendo resultados.

Segundo o diretor comercial da Lagoa Inteligência e Gestão, Fernando Salomão, a iniciativa de criar alternativas de negócios online para o resort Lagoa Eco Towers partiu da equipe comercial do empreendimento, que buscou soluções com o auxílio da internet para prospectar clientes. O primeiro passo foi alinhar a equipe comercial para o novo formato, com novas estratégias de vendas para superar o período de instabilidade. Periodicamente, estão sendo realizados contatos em tempo real, as chamadas lives, dos gestores com os corretores para troca de experiências que contribuam para fortalecer e qualificar ainda mais a equipe para as vendas no ambiente virtual.

Para vendas 100% online das unidades do Lagoa Eco Towers, também foi necessário personalizar a comunicação. O corretor apresenta as unidades que estão sendo construídas pelo complexo Lagoa Parques e Hotéis para cada cliente, contando com o apoio de imagens e vídeos para detalhar os diferenciais e esclarecer eventuais dúvidas. O corretor também mantém um relacionamento virtual com aqueles que já fecharam negócio para buscar indicações de outros possíveis interessados para, assim, por meio do networking, ampliar a carteira de clientes.

O trabalho online já rendeu negócios. O Lagoa Eco Towers efetivou na última semana de março a venda de uma cota de unidade para um cliente de Uberaba (MG). Outra negociação também está em andamento nesta primeira semana de abril com um cliente que mora em Londres.

Fernando Salomão explicou que a empresa já utilizava os canais virtuais, mas em uma cidade como Caldas Novas, que recebe mais de dois milhões de turistas por ano, é natural que a prospecção presencial seja o carro-chefe de vendas. Com a mudança de cenário em todo o mundo, a adaptação foi necessária para manter-se atuante. “A negociação pelos meios digitais não supera o trabalho que fazemos em nossos stands, mas tem gerado bons resultados e nos possibilita vislumbrar melhor outras oportunidades, como a venda para clientes no exterior, que inclusive aproveitam este momento para investir”, afirmou Salomão.

Diferenciais – O empresário Luiz Miguel dos Reis, de Brasília (DF), frequentemente viaja para Caldas Novas e já conhece os empreendimentos do complexo da Lagoa, incluindo o Lagoa Termas Parque e Lagoa Ecopraia. Quando viu na rede social de um amigo a oportunidade de adquirir uma cota do Lagoa Eco Towers sem sair de casa, não teve dúvidas. “Investir na venda online permite às empresas fazerem negócios com um número maior de pessoas pelo alcance proporcionado pela internet. Para os consumidores, a vantagem é a comodidade de fazer a compra tendo acesso às informações com facilidade. Com as devidas precauções, dá para fazer um negócio tão seguro e com bom atendimento quanto ao que é feito de forma presencial”, afirmou.

Sobre a Lagoa Ecotowers – A Lagoa Ecotowers é um resort multipropriedade com conceito sustentável. Seu projeto contempla o uso racional de recursos naturais. Conta com luz de sensor de presença, torneira com temporizador, chuveiros com aquecimento solar, coleta seletiva, reciclagem e tratamento de resíduos, além de uma reserva florestal natural. Cada unidade possui 54 metros quadrados com dois quartos suítes e será entregue 100% climatizada e mobiliada, além de diferenciais como serviços de hotelaria.  A primeira das quatro torres do empreendimento está prevista para ser entregue no final de 2020.

Fonte: Oficina de Comunicação