Gestão de Valor na Multipropriedade busca assegurar que o empreendimento atenda as expectativas dos multiproprietários

Com o objetivo de garantir os interesses dos multiproprietários dentro da operação condominial e hoteleira da multipropriedade, a Caio Calfat Real Estate Consulting desenvolveu o produto Gestão de Valor na Multipropriedade (GVM), que oferece a monitoração da operação do empreendimento e a assessoria ao corpo diretivo do empreendimento (síndico e conselho de representantes) para que as expectativas de usufruto do imóvel e da valorização do bem. O GVM foi lançado primeiramente pelo diretor da empresa, Alexandre Mota, em artigo no LinkedIn.

Alexandre Mota explicou que o conceito da multipropriedade de lazer é atender os anseios daqueles que gostariam de ter uma segunda residência, mas sem a preocupação com limpeza, organização, manutenção e, claro, que o custo da taxa de condomínio seja proporcional a utilização, já que a unidade é dividida em tempo de uso. ‘’O sistema de suporte ao multiproprietário deve ser o mais eficiente possível para garantir o valor da multipropriedade’’.

Buscando que a qualidade na gestão do empreendimento seja assegurada, a Caio Calfat Real Estate Consulting lançou o serviço GVM. De acordo com o diretor da empresa, os serviços e objetivos da GVM não podem perder de vista esse anseio do multiproprietário e precisa instalar processos de monitoramento da propriedade como um todo (condomínio) e de cada unidade/direito de uso dos multiproprietários, verificando se a operadora do empreendimento possui sistemas de gestão adequados, relacionamento e conservação de patrimônio das áreas privativas e comuns que forneçam como resultado um empreendimento totalmente funcional e atualizado, facilidade de uso (reservas e usufruto do multiproprietário) e o melhor custo benefício na taxa condomínial.

Alexandre Mota salientou que os serviços da GVM são independentes da operadora do empreendimento, pois o contratante será o Condomínio e o foco é o interesse dos multiproprietários. ‘’O serviço pode ser contratado já em empreendimentos em lançamento e/ou construção, o que permite assessoria especializada ao projeto, decoração e definições de uso e serviços da multipropriedade, bem como em empreendimentos já em operação’’.

O diretor da Caio Calfat listou as atividades que a GVM irá desenvolver: comunicação com os multiproprietários sobre as condições do empreendimento, controle de seguros, licenças e exigências legais para o funcionamento da propriedade, inspeções de qualidade de prestação de serviços e de manutenção dos itens patrimoniais na unidades privativas e áreas comuns, checagem das boas práticas operacionais e comerciais da operadora do complexo, negociações de orçamentos e contratos que envolvam os interesses dos multiproprietários, assessoria e orientação ao síndico e conselheiros, relatórios de análise dos resultados de operação e condições da propriedade aos investidores, centralização das comunicações entre multiproprietátios e operadora, dentre outras.