Empresa investe R$ 2 bi na gestão do Hotel Nacional, no Rio de Janeiro, e Grupo Prive, em Caldas Novas

Após o Grupo consolidar-se como a maior comercializadora de multipropriedade do mundo; como a 3a. maior incorporadora em V.G.V. (volume geral de vendas) comercializado do Brasil e como o maior clube de férias e vantagens do país, a WAM foi às compras para consolidar-se também como uma das 5 maiores administradoras de hotéis do Brasil, até 2021.

Para a WAM, a consolidação do setor de hotelaria faz parte do desenho de verticalização da indústria de multipropriedade adotado pela empresa em 2014, como premissa de sustentabilidade do negócio: comercialização; incorporação imobiliária; clube de férias e vantagens e gestão hoteleira. Como diz um dos sócios da empresa, Waldo Palmerston, “o nosso negócio tem começo, meio e fim”.

Faltava então a consolidação na gestão hoteleira, para isso o Grupo WAM investirá aproximadamente R$ 2 bilhões na administração do Hotel Nacional, no Rio de Janeiro, ícone histórico da hotelaria brasileira e na administração dos hotéis do Grupo Prive, que tem como história mais de 50 anos de pioneirismo na hotelaria, incorporação e entretenimento na Região da Águas Quentes de Goiás, com seus 8 hotéis, 3 parques aquáticos, incorporadora e construtora, loteadora e mineradora de água quente.

Os investimentos não param por ai, ainda nos próximos meses serão anunciadas a administração e gestão de mais dois hotéis no Rio de Janeiro, um em Fortaleza/CE, outro no litoral de São Paulo e um em Maceió/AL.

Experiência e empreendedorismo dos sócios

ócios do WAM ao centro da foto: André Ladeira, Waldo Palmerson e Marcos Freitas;
juntos a Frederico Palmerston e Alexandre Palmerston

A WAM, grupo genuinamente goiano, atualmente é a pérola de Goiás. Criada por três sócios Waldo Palmerston, André Ladeira e Marcos Freitas, a empresa sempre esteve na vanguarda e apontando as tendências de negócios para o segmento de multipropriedade imobiliária.

Waldo Palmerston é pioneiro no turismo de Caldas Novas e Goiás, tem vasta experiência e notável trabalho na realização e gestão de importantes empreendimentos nas áreas de hotelaria e incorporações, já entregou mais de 5 mil apartamentos e tem mais de 3 mil em construção. Waldo cresceu respirando o turismo como negócio, vendo seu pai fundar a Pousada do Rio Quente e o Grupo Prive, ícones do turismo nacional.

André Ladeira, com mais de 15 anos de experiência em tempo compartilhado, começou sua trajetória no segmento turístico na Companhia Thermas do Rio Quente, como estagiário do Centro de Aperfeiçoamento de Talentos Humanos. Comunicativo e curioso, foi recebendo convites para diversas áreas de vendas, se aperfeiçoando e crescendo no cenário de Timeshare em várias localidades, algumas delas: Blue Tree Park Mogi das Cruzes, Othon Palace Aquiraz e Pestana Hotels & Resorts, conquistando sólida expertise comercial.

Marcos Freitas é especialista em gestão, finanças e incorporação turística, é natural de São Paulo, com mais de 25 anos de experiência de mercado, 12 deles como administrador em diferentes cargos de comando na Pousada do Rio Quente Resorts, alguns deles como: Gerente de Orçamento e Finanças, Controller, Diretor Estatutário Administrativo-Financeiro e Diretor de Relações com o Mercado e dois anos como Diretor Superintendente, principal executivo da empresa.

Juntos, eles levam a WAM de Goiás para o mundo!

Novos planos e mais inovações

Náutico Praia Clube, em Caldas Novas/GO – parque também faz parte da WAM

Em 2020, a WAM projeta conquistar o mercado internacional, através da atuação da WAM comercializadora de multipropriedade. As tratativas já estão em andamento. Segundo André Ladeira, todo este crescimento é força de muito trabalho, conhecimento de mercado e sustentabilidade do negócio.

A WAM foi reconhecida pela revista Valor 1000, do Jornal Valor Econômico, referente ao exercício de 2018, como uma das 1000 maiores empresas do Brasil; como a 9a. melhor empresa de serviços e a melhor empresa privada do Centro-Oeste, pelos critérios da revista.

De acordo com Marcos Freitas, a performance econômica e financeira do Grupo em 2019 dobrará em relação a 2018, o que vem acontecendo anualmente desde a criação da empresa em 2013.

A empresa está preparando-se para um I.P.O. nos próximos anos e para isso está sendo assessorada pela XP Investimentos.