Empreendimento desenvolvido pela BRIC comercializa residências por frações imobiliárias com escritura pública e permite investir em um bem imóvel ao mesmo tempo em que desfruta de todos os benefícios da economia de compartilhamento


O melhor de dois mundos: investir em um bem imóvel com escritura pública e passar férias não apenas em sua própria segunda residência em um empreendimento com todos os serviços hoteleiros de alto padrão ou em mais de 100 destinos ao redor do mundo. É assim que a BRIC inaugura seus negócios no Brasil, com um empreendimento misto no litoral do Ceará, com VGV próprio de U$150 milhões e uma taxa de ocupação superior a 90% nas residências já disponíveis até o final do ano. 

Em janeiro, o The Coral Villas, lançado no ano passado, comemorou a escolha de Flecheiras em 5º lugar entre as melhores praias do Ceará. Segundo seus dirigentes, a conquista é parte, também, da oferta maior de serviços de alto padrão promovida pelo empreendimento. Não é à toa que as reservas para as residências já entregues estão fechadas até novembro, a alta temporada para o Kite Surf mundial. Flecheiras é um dos melhores locais do mundo para o esporte.

O empreendimento é uma aposta alta na economia de compartilhamento. As residências estão sendo vendidas por meio de frações imobiliárias, isso significa que o comprador pode, por um valor reduzido, ser dono de uma parte de uma das casas, com o tempo de uso estabelecido por contrato. Isso permite usufruir de um bem imóvel, com escritura pública, ou seja, vitalícia, mas por um determinado tempo a cada ano, incluindo serviços de hotelaria alto padrão.

As vantagens do compartilhamento de residências

Qualidade e diversificação são as palavras-chave. Sobre a primeira, o empreendimento The Coral Villas é um misto de residencial com serviços de hotelaria, beach clube e resort alto padrão. A locação das residências está sendo realizada pela Boutique Hotel Brasil, empresa também do Grupo BRIC, já a administração do Resort, que deve ter sua construção iniciada em breve, ficará a cargo da Atlântica Hotels, maior administradora de hotéis de capital privado da América do Sul. O complexo inteiro, incluindo o resort, deve começar a funcionar a partir de 2021.

Na diversificação do investimento estão as frações que podem ser adquiridas e o formato do compartilhamento. O empreendimento está com residências à vendas com frações a partir de R$50 mil reais e 4 mix de produtos: diamante, ouro, prata e bronze, cada um com diferentes períodos de permanência. Quem compra frações das residências tem inúmeras vantagens, entre elas, escritura pública vitalícia, e não por time share, e associação imediata à RCI, uma das mais empresas de intercâmbio mais abrangentes do mundo, com mais de 4.500 empreendimentos afiliados, em mais de 100 países, em lugares como a Disney e Cancun.

Sobre o The Coral

O empreendimento em plena praia de Flecheiras, litoral Cearense a oeste da capital Fortaleza cerca de 120km, conta com o projeto de 700 unidades residenciais, parte delas, que serão vendidas em frações imobiliárias, com oferta de serviços de hospitalidade, além de Beach Club e Resort alto padrão com bandeira internacional. Com localização privilegiada e um público selecionado, que já conhece o destino graças a um dos melhores ventos do mundo para a prática do kite surf, o projeto de paisagens paradisíacas tem foco em wellness e no contato com a natureza. O projeto estimado em U$150 milhões deve ser entregue até 2021.

Sobre a BRIC

Grupo internacional incorporador com sede na Espanha, nascido em 1996, a BRIC já comercializou mais de mil propriedades ao redor do mundo e tem, hoje, uma carteira de imóveis com cerca de 750 unidades, em lugares como a Flórida, nos Estados Unidos, e Budapeste, na Hungria. A empresa é especializada em avaliar e identificar nichos de mercado com significativo potencial de crescimento e investir diretamente antes de comercializar as unidades. O Grupo iniciou seus negócios aqui em 2008, com a compra do terreno para seu primeiro empreendimento, e viu no Brasil a chance de investir em um mercado promissor.

Fonte: Agência Planta e Cresce

Please follow and like us: