‘’É um produto com custo atrativo para o consumidor”

O Grupo Sall lançou um inovador projeto em Salinópolis/PA, o Aqualand Resort, que conta com um parque aquático e um empreendimento fractional. O sócio-diretor do Grupo Sall, Ulli Braga, conta nessa entrevista um pouco sobre o projeto, que é o primeiro da empresa no mercado de tempo compartilhado e parques temáticos.


 

 

Fale um pouco de como surgiu a Grupo Sall.
O Grupo Sall tem quase 50 anos. Começou com loteamentos onde meu avô era quem subia no trator. Hoje, já na terceira geração, estamos diversificando e entrando na indústria do entretenimento e hotelaria.

 

 
Por ter projetos tanto no setor imobiliário tradicional e agora também no fracionado, em sua opinião, quais as vantagens e desvantagens de um sob o outro?
Do ponto de vista do incorporador, o imobiliário tradicional traz riscos e investimentos menores, porém com lucros menores. Já o fractional, é exatamente o oposto.

 

 

O que mais lhe agrada nesse modelo de negócio, fractional?
Só vejo pontos positivos no modelo fractional. A possibilidade do cliente aliar férias com investimento imobiliário é o que me agrada mais.
Além de ser um produto com custo atrativo para o consumidor.

 

 

Como foi a ideia e planejamento para lançar o Aqualand Resort, um empreendimento fracionado e o parque aquático? Os dois serão construídos simultaneamente, e como será a entrega de cada um?
O Aqualand Resort começou a ser planejado e estudado há três anos, mas a ideia era num outro formato, apenas um empreendimento fracionado de casas. Após os estudos de viabilidade e grupos de pesquisa, formatamos o projeto para as torres e incluímos o parque aquático Aqualand, que, sem dúvidas, é o nosso grande diferencial, por ser o maior na região norte do país.
Com relação à construção, os dois serão construídos simultaneamente, porém com datas de entregas distintas.

 

 

O setor de parques de entretenimento, como de tempo compartilhado, está em expansão. A Sall contou com alguma empresa parceira, como consultora, para esse projeto? Quais os desafios de desenvolver um parque aquático?
Um parque aquático, principalmente no tamanho do Aqualand, é certamente um projeto desafiador, com uma série de variáveis, mas também é muito divertido de se fazer.
Nossos parceiros, Carlos Mauad (Mauad Arquitetura) e Antônio Gomes (TC Brasil), estão conosco desde o planejamento e foram vitais para a formatação do Aqualand.

 

 

Qual a importância de ter uma consultoria de tempo compartilhado como parceira?
Investir na indústria do tempo compartilhado não é tão simples como parece e uma consultoria idônea e com valores similares aos seus faz uma grande diferença. Principalmente se você está vindo de outro ramo, como nosso grupo.

 

 
Quais dicas daria para um empresário que pretende investir no setor de propriedades fracionadas? Quais são os maiores riscos nesse modelo de negócios?

Estude o negócio. Estude mais. Nem tudo são números bonitos numa planilha de Excel.
Planejamento é tudo em qualquer negócio. Os riscos são grandes e você precisa estar preparado para eles. Assim, os riscos podem ser controlados.

 

 

  • Publicado na edição de outubro 2016.